Outros Serviços

Teste da orelhinha - Emissões Otoacústicas

VOCÊ SABIA QUE SEU BEBÊ JÁ OUVE E QUE SUA AUDIÇãO PODE SER AVALIADA?
- O órgão auditivo está formado a partir do 5º mês de gestação e desenvolve-se intensamente nos primeiros meses de vida. Ouvir é fundamental para o desenvolvimento da fala e da linguagem. Qualquer problema auditivo deve ser detectado ao nascimento, para que seja devidamente tratado e não venha prejudicar o bom desenvolvimento da criança.

INCIDÊNCIA DO PROBLEMA AUDITIVO

Qualquer recém-nascido pode apresentar um problema auditivo ao nascimento ou adquirí-lo nos primeiros anos de vida. Isso pode ocorrer mesmo que não haja caso de surdez na família ou fatores de risco aparentes.

Estatísticas indicam que em cada 1.000 recém-nascidos que não apresentam risco nenhum ao nascimento, 3 apresentam algum tipo de perda auditiva (Joint Committee on Infant Hearing). Se o recém-nascido apresentar algum risco como prematuridade, baixo peso, etc esta incidência é ainda maior (cerca de 1 para cada 100 nascidos). Esta incidência é alta quando comparada com outros testes de Triagem Neonatal: Fenilcetonúria 1 em 10.000, Hipotireoidismo 2,5 em 10.000 e Anemia Falciforme 2 em 10.000 nascimentos (todos estes exames são realizados no exame do pezinho).

A triagem auditiva é feita inicialmente através do exame de Emissões Otoacústicas Evocadas. O exame é feito durante o período de internação em sono natural, de preferência no 2º ou 3º dia de vida. A duração é de aproximadamente 5 a 10 minutos, não apresenta contra-indicação, não incomoda e não acorda o bebê. Não exige nenhum tipo de intervenção invasiva, é absolutamente inócuo.

O que é o teste de EMISSÕES OTOACÚSTICAS? É um método para identificação de perda auditiva em neonatos. Emissões Otoacústicas são sons provenientes da cocléa, órgão sensorial responsável pela audição, após a apresentação de um estímulo sonoro. O método não tem como objetivo quantificar a deficiência auditiva, porém detecta a sua ocorrência, visto que as emissões otoacústicas estão presentes em todas as orelhas funcionalmente normais. Elas deixam de ser observadas quando os limiares auditivos se encontram acima de 30 dBNA, ou seja, quando existe qualquer alteração auditiva.

A falha no primeiro exame (emissões otoacústicas) pode demonstrar que a criança apresenta perda auditiva ou está com o ouvido obstruído. No recém-nascido a obstrução é comum e é causada por vérnix (substância gordurosa que envolve todo o corpo do recém-nascido ao nascimento), portanto se ocorre falha no primeiro exame, realizamos um exame complementar: POTENCIAIS EVOCADOS DE TRONCO ENCEFÁLICO AUTOMÁTICO.

O que são os POTENCIAIS EVOCADOS DE TRONCO ENCEFÁLICO? São potenciais cerebrais captados após estimulação acústica. Como a resposta captada é proveniente da atividade cerebral dificilmente fica ausente quando a alteração no primeiro teste é exclusivamente causada por obstrução.
A Maternidade de Campinas também realiza todo o diagnóstico e acompanhamento audiológico necessários se a perda auditiva for confirmada. Dispomos de equipamentos de última geração para diagnóstico auditivo em recém-nascidos e adultos.

- Bebês com perda auditiva diagnosticada ao nascimento e com tratamento iniciado até os 6 meses de idade apresentam desenvolvimento muito próximo ao de uma criança ouvinte.  O diagnóstico após os 6 meses de idade traz prejuízos inaceitáveis ao desenvolvimento da criança e sua relação com a família.

O teste da orelhinha é lei federal: Faça valer o seu direito!!!

Fonte: Gatanu
(Grupo de Apoio à Triagem Auditiva Neonatal Universal-Brasil)
Site: www.gatanu.org

Depto. Otorrinolaringologia da Maternidade de Campinas.
E-mail: orelhinha@maternidadedecampinas.com.br
Fone.:(19) 3306-6038

Banco de sangue

Em breve novas informações.

Ambulatório de Ginecologia e Obstetrícia

O Ambulatório de Ginecologia e Obstetrícia da Maternidade de Campinas conta com uma equipe de médico ginecologistas, obstetras e mastologistas. Atua na atenção especializada em cirurgia ginecológica, mastologia, patologia do trato genital inferior e pré-natal de alto risco.

Cirurgia Ginecológica

Atende clientes encaminhadas pela Rede Pública de Saúde e atua no diagnóstico e acompanhamento de doenças ginecológicas com indicação cirúrgica. Além da avaliação clínica, são realizados procedimentos cirúrgicos e acompanhamento pós-operatório. As pacientes com diagnóstico de lesões precursoras de câncer e câncer, são contra referenciadas para o Serviços de Atenção Primária (Centros de Saúde). Destes, para os Serviços especializados em Oncologia.

Mastologia

Atende clientes encaminhadas pela Rede Pública de Saúde e atua no diagnóstico e acompanhamento das doenças benignas da mama, realizando avaliação clínica e indicação cirúrgica, realização do procedimento e acompanhamento pós-operatório. As pacientes com diagnóstico de lesões precursoras de câncer e câncer, são contra referenciadas para o Serviços de Atenção Primária (Centros de Saúde). Destes, para os Serviços especializados em Oncologia.

Patologia do Trato Genital Inferior (PTGI)

Atende clientes encaminhadas pela Rede Pública de Saúde e atua no diagnóstico e acompanhamento de patologias vulvares, vaginais, anais e do colo uterino. Além de atendimento clínico, são realizados procedimentos diagnósticos como: coleta de citologia oncótica, colposcopia, eletrocoagulação de lesões cutâneas, criocauterização, biópsia de vulva, vagina e colo uterino. As pacientes com diagnóstico de lesões precursoras de câncer e câncer vulvar, vaginal, anal e colo uterino são contra referenciadas para os Serviços de Atenção Primária (Centros de Saúde). Destes, para os Serviços especializados em Oncologia.

Pré-natal de Alto Risco

Atende gestantes de risco encaminhadas pela Rede Pública de Saúde, realizando acompanhamento pré-natal e nutricional e atuação nas questões relacionadas à gravidez, parto e puerpério.

Cardiotocografia

A Maternidade de Campinas oferece as gestantes o Serviço de Cardiotocagrafia, responsável por realizar exame de Monitorizaçao Fetal.

O exame é realizado em gestantes do Sistema Único de Saúde (SUS), convenios e particulares, emitindo informaçoes pertinentes como existencia ou nao de contraçao uterina e, noçoes de "bem estar" do bebe, trazendo tranqüilidade para as futuras mamaes referentes a normalidade da gravidez.

Segundo o coordenador Dr. Marco Antonio Toniolli Spiropulos Junior, na funçao há aproximadamente dez anos, sao realizados em média 600 exames mensais na Maternidade, o que revela a grande importância deste serviço a comunidade de Campinas e Regiao.

O Serviço é agendado em horário comercial, utilizando aparelhagem moderna, tendo sempre como meta a excelencia na qualidade do atendimento as gestantes que, privilegiam nosso Hospital com suas preferencias.

UTI Neonatal

Existe uma grande expectativa no nascimento de um bebe, porém em alguns casos surgem dificuldades onde o bebe necessita de cuidados diferenciados, e o seu início de vida nao é como o previsto pela família que aguardava tao ansiosamente por este momento.

A Maternidade de Campinas possui uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, implantada em 1986, pelo Dr. Wilson Norato da Silva, contribuindo para a diminuiçao da mortalidade neonatal. A maioria dos médicos que cursaram a Residencia Médica em Pediatria na Maternidade de Campinas sao hoje intensivistas com vasta experiencia.

Além de toda atençao da equipe médica envolvida no tratamento destes pequenos, oferecemos também se necessário atendimento com Fisioterapeutas, Fonoaudiólogas e Apoio Psico-Afetivo (UPA), que poderá auxiliar a mamae e o papai neste momento tao delicado.

Fonte: Nove Meses Depois, do Nascimento a Alta Hospitalar
Um guia dos cuidados prestados aos bebes na Maternidade de Campinas
Centro de Neonatologia e Pediatria de Campinas - Neonatus Campinas.

Teste do Pezinho

Este teste é capaz de detectar, precocemente, doenças que irão interferir em sua vida. Por isso mamãe , o teste do pezinho é realizado muitas das vezes no prazo das 48hrs do período de internação na maternidade. Quando isto não for possível, o exame será agendado e coletado no ambulatório da Maternidade, o exame não deve ultrapassar a primeira semana de vida do bebê, uma vez que um diagnóstico rápido tem influência no resultado do tratamento. A coleta será enviada para APAE - em São Paulo, o resultado fica pronto em 60 dias e poderá ser retirado no Ambulatório da Maternidade de Campinas.A APAE-SP realiza um conjunto de exames laboratoriais feito através do sangue coletado do calcanhar do recém nascido, que pode detectar precocemente doenças metabólicas, infecciosas e genéticas, antes mesmo do aparecimento dos sintomas. TESTE DO PEZINHO BASICO - Para detectar a presença do hipotireoidismo congênito e fenilcetonúria, que são doenças que causam deficiência mental somenta quando não são tratadas. Pesquisa também a presença da anemia falciforme no recém nascido.

TESTE DO PEZINHO MAIS - Este teste pesquisa, além das doenças pesquisadas no teste básico, a detectar a hiperplasia adrenal congênita, fibrose cística, galactosemia, deficiência de biotinidase, deficiência de G6PD, leucinose, toxoplasmose congênita e hemoglobinopatias. A APAE-SP não só realiza os exames, como também oferece orientação e suporte em casos onde haja necessidade.

Fonte: APAE-SP